Óscar Pérez é assassinado sob ordem de Nícolas Maduro

Morreu em combate o piloto Óscar Pérez que lutava contra a ditadura comunista de Nicolás Maduro.

O exército bolivariano emboscou a equipe de Pérez, então quando estavam praticamente rendidos foram executados por ordens de Nicolás Maduro.

Chefe de operações aéreas da Brigada de Ações Especiais morreu em operação, diz CNN.

Considerado herói pelo povo venezuelano, Óscar Pérez foi funcionário da Brigada de Ações Especiais, corpo de elite da polícia científica da Venezuela, com 15 anos de experiência, mas até apelidado de Rambo venezuelano. Capitão do helicóptero do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalísticas (Cicpc) que sobrevoou o Tribunal Supremo e o Ministério do Interior e Justiça da Venezuela em junho em protesto contra o presidente Nicolás Maduro. também ficou conhecido como paraquedista e mergulhador, além de piloto de helicóptero.

Inicialmente deve-se destacar a origem de todo aparato do exército e de toda estrutura do genocida Nicolás Maduro: o assassino venezuelano fora financiado diretamente por Luís Inácio Lula da Silva e todo o seu partido, financiamento este oriundo de propinas e desvios referentes aos contratos da Petrobrás, bem como o desvio também através do BNDES.


Por fim a resolução dada diante de fatos demonstra de maneira irrefutável as características como o assassinato, roubo, corrupção e todos os elementos os quais compõe à um cenário infernal, que por sua vez são inerentes a esquerda.

 

 

 

Share this article

Entre para postar comentários

Sobre o portal

Fique por dentro de tudo que acontece em Brasília e Região!

Últimas postagens

Receba novidades

As principais notícias de Brasília em seu e-mail!