IV Jornada Nacional de Mama Acreditar promove discussão multidisciplinar nas inovações em tratamentos e cuidados

Preservação da fertilidade da paciente jovem com câncer de mama é um dos pontos que será abordado

A integralidade na assistência ao paciente com câncer de mama será o foco da IV Jornada Nacional de Mama Acreditar, que acontecerá no dia 26 de agosto, em Brasília, sob a realização do Grupo Oncologia D’Or. Especialistas de diversas áreas irão apresentar casos clínicos e os ganhos obtidos nos tratamentos através de testes genéticos, preservação da fertilidade e aspectos cognitivos.

Estima-se que em 2017 cerca de 61 mil novos casos de câncer de mama sejam diagnosticados, o que estimula a discussão sobre inovações para o tratamento. A multidisciplinaridade é um dos pontos de importância para o aumento de chances de cura e reintegração dessas pessoas na sociedade.

- As descobertas acerca do câncer de mama estão em constante evolução e novas alternativas têm sido aplicadas tanto no rastreamento quanto em melhores condições de cura. A população já consegue ter acesso a testes genéticos capazes de identificar tanto o risco de desenvolvimento da doença, quanto testes moleculares para avaliar a possibilidade de recidiva da neoplasia. Além disso, está sendo potencializada a preservação da fertilidade, em pacientes jovens, em tratamento do câncer de mama – destaca o oncologista do Grupo Oncologia D’Or, Dr. Anderson Silvestrini, coordenador do evento.

A IV Jornada Nacional de Mama Acreditar ainda irá abranger as linhas de tratamento adjuvantes, que são iniciadas geralmente após procedimentos cirúrgicos para retirada dos tumores. Também a toxidade que o tratamento pode trazer ao longo do tempo será destacada, levando em consideração as análises já realizadas no âmbito da cardio-oncologia.

- Outra questão prevista é a avaliação da cognição do paciente, em seus aspectos neurológicos, uma vez que há o questionamento constante sobre os efeitos que o tratamento do câncer de mama pode causar na memória. Há estudos iniciais que apontam que o déficit cognitivo pode acontecer devido a alteração do fluxo sanguíneo cerebral durante a quimioterapia – complementa o oncologista.

O evento contará com diversas especialidades médicas que atuam no tratamento do paciente com câncer, como a oncologia, mastologia, patologia, radiologia, genética, entre outras.

Share this article

Entre para postar comentários

Sobre o portal

Fique por dentro de tudo que acontece em Brasília e Região!

Últimas postagens

Receba novidades

As principais notícias de Brasília em seu e-mail!