Operação Falso Negativo: Secretário de Saúde do Distrito Federal é preso

Secretário de Saúde do DF é preso

Saúde
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A investigação segue a linha de irregularidades em compra de testes para Covid-19. O Secretário foi detido em apartamento onde mora, no Noroeste, em Brasília.O subsecretário é considerado foragido.

O secretário de saúde do Distrito Federal, Francisco Araújo, foi preso preventivamente na manhã desta 3ª feira (25). Ele foi alvo da operação Falso Negativo, deflagrada pelo Ministério Público do Distrito Federal, que investiga supostas irregularidades na compra de testes para detecção de covid-19.

Governador Ibaneis
O governador Ibaneis Rocha se manifestou a respeito da prisão do secretário de saúde. Por meio de nota, ele classificou como “desnecessária” a operação deflagrada pelo MPDFT.

O governador afirmou que o secretário e a equipe dele “sempre estiveram à disposição das autoridades para esclarecer quaisquer fatos” e que os alvos da operação estão sendo “indevidamente acusados”.

Ibaneis confirmou que afastou preventivamente os acusados de fraudes na compra dos testes.

“Aguardo rápida apuração e o esclarecimento dos fatos para que pessoas inocentes não tenham seus nomes indevidamente manchados”, declarou.

Apurações

As apurações, lideradas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e pela Procuradoria-Geral de Justiça do MPDFT, apontam ainda baixa qualidade dos testes, que podem dar falso resultado negativo.

A operação ocorre em meio a uma polêmica relacionada à divulgação de dados de mortes sobre a Covid-19 na capital. Na semana passada, a SES-DF passou a informar nos boletins diários apenas as mortes ocorridas nas últimas 24 horas, e não as que aconteceram em outros dias mas tiveram a causa confirmada na data.

Opinião

No Brasil e na Capital Federal os oportunistas continuam de plantão 24 x 7, 365 dias por ano, ao contrário do serviço prestado pelas instituições de saúde, onde o caos, falta de recurso e falta de atendimento reinam. 

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.